Arquipélago Gulag ganhará edição de luxo no Brasil

Um dos livros mais importantes da história da União Soviética, escrito às escondidas, o Arquipélago Gulag, de Alexander Soljenítsin ganhará nova edição no Brasil. A obra sairá em volume único pela Carambaia.

Nobel de Literatura, Soljenítsin passou pelos Gulags e lá colheu material para grande parte de sua produção literária. Depois do breve “Um Dia na Vida de Ivan Deníssovitch”, começou a produção do “Arquipélago”, que lhe tomaria dez anos de trabalho.

Para produzir o texto, que inclui depoimentos de mais de 200 prisioneiros do regime stalinista, Soljenítsin precisou de duas temporadas na Estônia, onde escrevia sem que ninguém soubesse o que ele fazia.

Cena de um Gulag: violência stalinista denunciada pela literatura.

Depois, o documento foi datilografado, microfilmado e enviado clandestinamente para fora da URSS. Sua publicação teve papel importante na perda de credibilidade do regime soviético.

A edição da Carambaia, reconhecida por seus trabalhos com fino acabamento, capa dura e exemplares numerados de um a mil, se baseia na última versão da obra, condensada.

A edição foi traduzida diretamente do russo por Lucas Simone, com Irineu Franco Perpetuo, Francisco de Araújo, Odomiro Fonseca e Rafael Bonavina. Os primeiros exemplares têm previsão de entrega para 2/12.

Saiba mais clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *