Histórias de uma Curitiba Plural

Pessoas voluntárias se unem em estúdio de tatuagem

O clima de camaradagem entre pessoas voluntárias do Rock Camp não se restringe só a semana do evento. Para quatro profissionais da tatuagem a identificação de ideias, tolerância e “mente aberta” virou um negócio. O Black Hearts Tattoo Parlor, de Gabe Salmmazo, já existia antes dela conhecer Bruna Lima, Yasmin Rocha e Camila Diaz. Mas depois de 2022, passou a compartilhar o espaço com elas.

“A gente se conheceu aqui [no Camp] e começou a trocar ideias, se aproximar. Daí ela me convidou a fazer parte”, contra Lima. Foi a primeira a ser convidada por Gabe. Pouco depois, Yasmin e Camila se uniram a dupla.

Este ano Gabe não estará no Camp, mas Yasmin, Bruna e Camila são voluntárias e estão ofertando tattoos com desconto para colegas de evento. Dá para escolher uma imagem nos cadernos de tattoos das três, que estão circulando pelo evento.

Black Hearts Tattoo Parlor

R. Francisco Scremin – Ahú, Curitiba – PR, 80540-320

Das 9 às 21h

rocfreitas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo