Histórias de uma Curitiba Plural

O amor é uma marretada

Em 2002, em meio às comemorações pela vitória do Lula, sofri uma fratura peniana.
Passei 4 meses com o membro engessado e preso ao pescoço por uma tipóia.
Quando o ortopedista de genitais me deu alta, falou que aquele calombo no lado esquerdo nunca mais ia desaparecer, era o calo ósseo, uma lembrança eterna da vitória da esperança sobre o medo.

(Tungzténio P Garcia)

Maurício Popija

O inventor do pas de deux solo. Nas horas vagas, cultiva pequenas plantas e desafetos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo