Histórias de uma Curitiba Plural

Flores no túmulo da hemácia desconhecida

As hemácias têm uma vida muito curta, duram em média apenas 120 dias.
Isso quer dizer que aquela hemácia que transportou a molécula de oxigênio pro teu cérebro e ajudou a intumescer os teus corpos cavernosos na noite de 07 de fevereiro de 2003 – quando você, depois de ser rechaçado por quase um ano e meio, conseguiu finalmente convencer a colega do 3° período a sair contigo e foi feliz pela última vez -, já morreu há muito tempo.
Morreu pra que VOCÊ fosse feliz, seu ingrato.
A abnegação da hemácias, certamente das coisas mais tocantes de toda a biologia, nunca pode ser esquecida.

Maurício Popija

O inventor do pas de deux solo. Nas horas vagas, cultiva pequenas plantas e desafetos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo