Histórias de uma Curitiba Plural

As Peçoua Só Qué Sê Filiz

O ano é 2032.
Exceto os enjoadinhos do mundo jurídico e os senadores da república, ninguém mais usa plural no Brasil.
O que eles, os enjoadinhos e os senadores, não imaginam é que, no mês de agosto desse ano, vão ser todos comidos por um vírus, vazado da cidade de Wuhan, na China, que só afeta gente gramaticalmente correta.
(Wuhan, em mandarim, significa Os Presunto).

Na rua, logo depois:

– Os filhadaputa se fuderooooooooooooo


Começa, então, um novo tempo de congraçamento e de harmonia

Maurício Popija

O inventor do pas de deux solo. Nas horas vagas, cultiva pequenas plantas e desafetos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo