Histórias de uma Curitiba Plural

Amor carnal já era

Repetidas vezes
No Parque dos Imigrantes
Bolinei uma árvore
Sempre a mesma árvore
Aquele cipreste tímido que oscilava a leste
Demorou
Mas agora a gente semos um casal

(TPG)

Maurício Popija

O inventor do pas de deux solo. Nas horas vagas, cultiva pequenas plantas e desafetos.

Um comentário em “Amor carnal já era

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao topo