A participação de Neil Gaiman na CCXP

Durou pouco mais de 30 minutos a participação de Neil Gaiman na CCXP Worlds 2020. O painel de abertura do evento que mostrou uma entrevista gravada previamente abordou por cima diversos assuntos relevantes, mas com destaque maior para a série de “Sandman” para a Netflix, que deve estrear em 2021.

Logo ao ínicio, o artista, quadrinista, roteirista e mais, abordou sobre um levantamento interessante para um curta entrevista: o embate entre graphic novels e os quadrinhos. Gaiman diz que essas novas produções, que começaram com mais impacto nos anos 1980 e 90, podem ter iniciado uma espécie de “fim dos quadrinhos”.

“Eu irritei muitos donos de lojas de quadrinhos com isso, na época. Isso é mais um legado da HQ, essa forma de mudar a maneira como pensamos os quadrinhos”, contou ele.

Outro tema comentado por Neil Gaiman foi o aspecto de uma certa revolução de um público feminino que se interessava por sua obra. Ele comentou que, com o passar dos anos, aumentaram o número de mulheres nas filas, e que essas passavam os quadrinhos uma para as outras.

O tópico mais debatido foi, como dito antes, foi a série de “Sandman”. Gaiman chegou a contar uma história curiosa que se reuniu com a Warner uma vez para tratar de uma adaptação. O problema é que eles queriam um “vilão marcante”, algo que as HQs não tem – por isso, as conversas não foram para frente. Além disso, a adaptação para uma série seria complicado pelo tamanho da produção e o dinheiro que seria investido, algo que não era de tanto interesse das produtoras. Após um tempo e uma intensa disputa, com até a possibilidade grande um filme, o projeto acabou virando realmente uma série da Netflix.

Passando em 2021, o tema do coronavírus poderia estar presente nos episódios, porém Neil ainda não sabe se isso vai acontecer. Segundo ele, foram gravados apenas cenas anteriores, que vão se passar nos anos 30. Mas, ele vê como uma possibilidade as pessoas aparecerem com máscaras e outros utensílios relacionados ao atual momento do mundo.

“Vai ser uma decisão da produção no futuro”, completa.

Claudio Gabriel

Apaixonado por cultura pop no geral. Repórter da rádio CBN e editor-chefe do site Senta Aí.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo