Moro no cu do Judas: ele se arrependeu, também eu

Tânia, a tênia claustrofóbica, estica a cabeça pela escotilha e grita pro mundo:

– Isto não é vida, liberdade pros progloteeeeeeees!

Johny Mauro, o oxiúro inseguro, replica:

– Quer sair, saia, mano, mas me deixe ficar aqui na janelinha tomando sol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *