Curitiba recebe festival de música protagonizado por mulheres

Inédito em Curitiba, Festival Sonora trará programação protagonizada por mulheres (Divulgação)

Curitiba vai receber pela primeira vez o Festival Sonora, evento cuja programação busca reforçar o protagonismo de mulheres no cenário musical. As atividades, que acontecem de 28 a 30 de setembro, na Casa Ocitocina e no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França, vão envolver de debates a showcases.

A programação do Sonora é formada exclusivamente por mulheres, como a cantora e compositora Estrela Leminski e a banda feminina Punkake. Haverá bate-papo sobre oportunidades e desafios das mulheres negras na música, gestão de carreira e mulheres na produção e na técnica, entre outros temas que farão parte do Ciclo Internacional de Compositoras.

Esta primeira edição também contará com um sarau de lançamento, além de festas de abertura e encerramento para completar as atividades. “Em geral, as mulheres no campo da música são conhecidas como cantoras e instrumentistas, mas raramente são vistas, ouvidas e valorizadas por serem compositoras”, observa a etnomusicóloga e musicista Laíze Guazina. Segundo a pesquisadora, a intenção do evento é dar visibilidade às mulheres, formando referências e incentivando novas gerações.

Mulheres produzindo

O Festival Sonora foi criado de forma colaborativa no Brasil, em 2016. A iniciativa também já aconteceu em Portugal, na Irlanda, na Espanha, na Argentina e no Uruguai. A edição curitibana é realizada sem fins lucrativos e de forma independente.

Além de mulheres na programação, a produção, incluindo a sonorização, curadoria, comunicação, design e audiovisual, também é feita apenas por mulheres. São 12 profissionais envolvidas na preparação do evento.

O festival é aberto a toda comunidade. O lançamento terá entrada gratuita e as demais atividades custam R$ 20 por dia (exceto festas), com passaporte de R$ 35 para os dias 29 e 30. Toda a verba arrecadada será revertida para fomentar custos do evento.

Serviço

Festival Sonora Curitiba

Data: 28, 29 e 30 de setembro (quinta, sexta e sábado)
Locais: Casa Ocitocina e Centro Cultural Heitor Stockler de França
Ingressos: plataforma Sympla

Programação:

28/9 | Quinta-feira
19h: Abertura com sarau, discotecagem e bate-papo
Local: Casa Ocitocina – Rua Des. Ermelino de Leão, 274
Entrada gratuita
22h: Festa Ladies Night #8
Local: Paradis Club – Rua Paula Gomes, 306
Ingresso: R$10 (para participantes do Sonora)

29/9 | Sexta-feira
Local: Casa Heitor Stockler de França – Av. Mal. Floriano Peixoto, 458
Ingresso: R$20 (ou passaporte de $ 35 para os dias 29 e 30)
10h30: Bate-papo Gestão de carreira
Convidadas: Estrela Leminski, Bacabi, Raissa Fayet e Juliana Cortes
14h: Bate Papo: Estéticas, criações e identidades
Convidadas: Babi Oeiras, Grace Torres e Cida Airam
15h20: Showcases
Estrela Leminski
Raissa Fayet
Cida Airam
17h20: Bate-papo Mulheres na produção e na técnica
Convidadas: Leticia Martins, Michelle Hesketh, Débora Opolski, Livia Milhomem Sá e Adri
Menegale
18h40: Showcases
MC Hilminha
Kvs Kamille
Punkake

30/9 | Sábado
Local: Casa Heitor Stockler de França – Av. Mal. Floriano Peixoto, 458
Ingresso: R$20 (ou passaporte de $35 para os dias 29 e 30)
14h: Bate Papo: Mulheres negras na música: oportunidades e desafios
Convidadas: Janaína Queiroz, Janine Mathias e Lilian Soares
16h20: Showcases
Lay Soares
Amira Massabki
Bruna Bruschle
Luana Godin
22h: Festa de encerramento #Ruído EnCena
Local: 351 – Trajano Reis, 351
Ingresso: R$10 (para participantes do Sonora)

Sobre Antoniele Luciano 122 Artigos
Antoniele é jornalista, professora e mestranda em Estudos Literários. Na academia, pesquisa e escreve sobre autoria de mulheres negras. Fora dela, caça histórias de protagonismo feminino em Curitiba e onde mais possam estar.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.