Futebol Americano paranaense: a hora da verdade!

Breadcrumb Navigation

O Araucária Bowl, final do Campeonato Paranaense Feminino de Futebol  Americano, está definido: Silverhawks X Cold Killers. No Paraná Bowl, a final masculina, quatro equipes estão na busca pelo sonho do título: Brown Spiders, Crocodiles, HP Tigers e Maringá Pyros.

A equipe do Silverhawks tenta manter a hegemonia no estado e garantiu a vaga na final da competição após ter vencido as duas partidas. No sábado (25 de maio), aconteceu o jogo entre as outras duas equipes na disputa, Lions e Cold Killers e no fim, prevaleceram as “Killas”.

O jogo vencido pelo CK tinha um ar de revanche para o Lions, uma vez que em 2018, na disputa do campeonato elas foram derrotadas por 08 x 06, em uma partida emocionante. Mas a tentativa de dar o troco não foi muito bem sucedida. Isto por que a defesa do Killers estava de matar, e conseguiu parar o ataque adversário nos momentos em que as jogadoras do Lions cresciam na partida. Somado a evolução do já poderoso ataque terrestre com a mescla de passes para touchdown da jovem quarterback Mariele, o placar de 48 x 00 fez jus à superioridade da equipe na partida.

Agora é a hora da revanche para o Cold Killers, contra as ainda invictas dentro do estado, já que o Silverhawks levou a melhor na abertura do campeonato. A partida está programada para o final de semana dos dias 15 e 16 de junho, com data oficial ainda pendente.

Já no masculino, as semifinais ocorrem no próximo final de semana, dias 1 e 2 de junho. De um lado, o multicampeão Crocodiles vai medir forças contra o HP Tigers, para chegar novamente à disputa do título. O Croco passou sem grandes dificuldades pelo Moon Howlers nas quartas de final, vencendo por 42 X 00. O HP Tigers venceu também com tranquilidade o Street Dogs, com placar de 50 x 03. O embate entre as equipes deve ser em altíssimo nível e saber quem sairá vencedor antecipadamente é impossível.

No outro lado da chave, o remodelado Brown Spiders tenta corrigir os erros com tantas peças novas no elenco para chegar novamente a uma final, algo que não acontece desde 2017. A defesa é o grande destaque do time. Os aracnídeos passaram pelo Darkwolves com placar de 39 x 00 nas quartas e agora enfrentam o Pyros, lá de Maringá. A já tradicional equipe do interior venceu o Cascavel Indians por 16 x 00. O duro golpe foi a lesão do quarterback e principal jogador da equipe, Bruno Myasaki, que deve perder o restante da temporada. Agora a equipe maringaense busca vencer o Spiders e chegar pela primeira vez a decisão.

Créditos da imagem: @irmaours0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *