Um esporte para todos

Breadcrumb Navigation

O futebol americano é um espaço democrático quando diz respeito a quem pode praticá-lo. Isso por que há espaço para pessoas de diversos biotipos: altas, baixas, com mais ou menos peso e inclusive há casos de atletas com algum tipo de restrição motora atuando em diversas posições.

O caso mais conhecido na National Football League (NFL) atualmente é o do Linebacker (uma das posições da defesa) Shaquem Griffin, que não possui a mão esquerda, amputada quando ainda tinha quatro anos de idade. Depois de anos de treino e dedicação, Saquem superou as desconfianças de muitos críticos, fez uma excelente carreira universitária e alcançou a NFL. Outros casos notáveis que podemos citar é o Long Snaper (jogador do time de especialistas) Jake Olson, que é cego e do Fullback (posição de ataque) Derrick Coleman, que é surdo.

https://youtu.be/buCd72C1oGA

Estes são alguns dos casos mais extremos, em que pessoas que teoricamente estavam com muita desvantagem física conseguiram alcançar um nível técnico para jogar no colegial e até na NFL. Alcançar este potencial para quem não possui limitações já é um tremendo desafio, e estes exemplos mostram muito sobre os atletas.

Pensando no nosso dia a dia, aqui em terras brasileiras, podemos enxergar um outro fenômeno, que é o da aceitação de diferentes pessoas em relação ao porte físico. Temos jogadores com 1,98m altura, 130 kg e do outro lado, corredores com 1,65m , 70 kg. Uns são extremamente velozes e atléticos, outros mais franzinos e ágeis. O ponto aqui é que com dedicação e treino, basicamente qualquer pessoa pode integrar uma equipe.

Um esporte que tem braços abertos aqueles que buscam uma integração, afinal de contas, elencos com pelo menos 60 atletas são lugares extremamente heterogêneos. A pluralidade de ideias, experiências, noções da vida em busca de um mesmo objetivo são alguns dos benefícios. Um ambiente que cada vez mais atrai atletas e fãs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *