É chegada a hora: Super Bowl LIII (53)

Breadcrumb Navigation

Para os fãs da bola oval, este é o ápice da temporada, o grande clímax, a expressão final do esporte. O Super Bowl (SB) é um mega evento que reúne todos os ingredientes para um espetáculo (inclusive abordamos um pouco sobre o tema no primeiro texto do blog): um grande palco, uma estrutura fantástica, show do intervalo de respeito (com a banda Maroon 5) e duas equipes sensacionais em campo. Com todo esse mix, a chance dos fãs e espectadores saírem satisfeitos é bem alta.

De um lado, está o todo poderoso New England Patriots. O maior vencedor da história recente do Super Bowl. A equipe tem duas peças fundamentais: o técnico principal, Bill Belichick, umas das mais perspicazes mentes quando se trata de futebol americano e Tom Brady, o Quarterback popularmente conhecido como Marido da Gisele (Bündchen).

Tom, um dos atletas mais competitivos de toda liga, está no auge do seu jogo aos impressionantes 41 anos de idade. É admirável sua longevidade em tão elevado nível esportivo. O time também conta com um ataque muito bem organizado e uma equipe de defesa que faz o que é necessário dentro das partidas. Esses são alguns dos fatores que levam o Patriots ao terceiro SB seguido, feito alcançado apenas três vezes na história: pelo Green Bay Packers em 1965 e 1967, Miami Dolphins em 1971 e 1973 e Buffalo Bills em 1990 e 1993.

Do outro lado, o explosivo e imprevisível ataque do Los Angeles Rams desafia a soberania do oponente, sob o comando do jovem e arrojado técnico Sean Mcvay, de apenas 33 anos. O também jovem Quarterback, Jared Goff, conta com variações dos padrões de ataque, que confundem as defesas e permitem a ele executar o trabalho com uma certa tranquilidade. Apoiado em uma das defesas mais agressivas da liga atualmente, com Ndamukong Suh, Aaron Donaldo, Marcus Peters e cia, os Rams prometem não facilitar a vida do ataque dos Patriotas da Nova Inglaterra.

Head Coach Sean Mcvay

O jogo acontece no próximo domingo, dia 3 de fevereiro, às 21:30 com transmissão pelo canal de tv fechada ESPN. Aqui em Curitiba, diversos bares farão eventos para transmitir esse grande evento, o que é uma oportunidade bacana para quem não conhece muito do esporte e quer se aprofundar no assunto. Afinal, com vários fãs assistindo, sempre sobra um tempo para explicar um pouco sobre o jogo! E aí, para quem estão torcendo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *