Fascículo 11: Mercosul, Glenn Greenwald e trabalho infantil

ACORDO MERCOSUL-UE: Enlace entre 32 países, urdido em mais de 20 anos, por um sem-número de gestões presidenciais. A atual administração foi a escolhida para aparecer na foto, com apenas sete meses de atividade, por uma vontade do Deus pai de Jair.

ECLIPSE: Aparição de um esquerdista com uma denúncia que ofusca o brilho do corpo celeste do juiz Moro.

EIKE BATISTA: Sinônimo de Reforma da Previdência: começou com trilhões, acabou com uma merreca.

ENEM DIGITAL: Num recente churrasco em sua residência da Barra, o presidente perguntou aos presentes quanto era nove vezes oito. A maioria dos convidados fez a conta nos dedos. Foi então que, ali mesmo, ele ordenou ao ministro Abraham Weintraub que criasse um Enem digitalizado. Mais uma demonstração do faro presidencial para com os comportamentos, hábitos e necessidades do país e seu povo. 

EU VEJO, EU OUÇO: Frase bíblica atribuída ao profeta Sergio que viria a confirmar definitivamente a sua onipotência, onipresença e onisciência sobre todas as ações de nossa população.

GLENN GREENWALD: Habilidoso hacker de origem norte-americana que, mancomunado com o espião Edward Snowden e a Rússia comunista, tentou desmoralizar o governo brasileiro. O ataque cibernético da dupla foi sobre o ministro da Justiça com o fito de minar a grande amizade que Donald Trump nutre por Jair Bolsonaro. 

LIVRO: Obra inflamável de cunho literário, artístico, científico, técnico, documentativo. Até finais de 2020 deverá substituir o carvão mineral nas usinas termoelétricas e siderúrgicas.

LUIZ EDUARDO RAMOS: General, quatro estrelas, comandante militar do Sudeste. Na Secretaria de Governo estará à frente dos monólogos entre o Palácio do Planalto, o Legislativo e o Judiciário.

PÃO COM LEITE CONDENSADO: Delicioso e nutritivo lanche que, segundo Jair Bolsonaro, é feito com pão e leite condensado.

PROUNI: Tentativa do governo petralha de levar inadimplentes e idosos à universidade. A iniciativa será extinta na atual gestão e substituída pelo ensino a distância. Bem a distância.

SELEÇÃO BRASILEIRA: Em seus jogos é onde o presidente é mais presidente Médici. Só falta o radinho de pilha e os óculos escuros.

TRABALHO INFANTIL: Apesar de todas as injunções contrárias, nunca ficou provado que o trabalho infantil mate. O próprio presidente trabalhou na roça desde os seus nove anos. Pode-se mais tarde eventualmente apresentar algum tipo de descompensação, mas matar é fora de cogitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *