Fascículo 8: Moro, Deltan e Paulo Freire

CIÊNCIA: Invenção mentirosa do marxismo cultural. Qualquer cidadão de bem acredita que um técnico é mais útil que vários cientistas. Afinal, nossos problemas do dia a dia, como arrumar uma torneira vazando, necessitam mais de um encanador do que de um físico nuclear comunista. O governo está promovendo uma cruzada por mais pedreiros, carpinteiros, mecânicos, técnicos em refrigeração e menos pós-doutorados em Harvard. Inclusive porque, qualquer um pode estudar em Harvard, até o governador Wilson Witzel.

DAMARES ALVES: ministra responsável pela polarização entre as cores azul e rosa na sociedade brasileira. Fontes governamentais apontam sua ida em breve para o Ministério da Agricultura a fim de impulsionar o plantio de goiabas no Centro Sul.

DELTAN DALLAGNOL: guerreiro do povo brasileiro; o homem que acabou o PT usando apenas um PPT.

FRAQUEJADA: Ver mulher.

HUMBERTO DE ALENCAR CASTELO BRANCO: vigésimo sexto presidente brasileiro. Foi eleito pelo voto direto assim como Jair Messias Bolsonaro foi escolhido pela vontade divina.

IMPRENSA: quarto poder que, em breve, precisa cair para quinto.

INTERCEPT: órgão desclassificado de imprensa típico da Extrema Mídia. Como disse o vereador Carlos Bolsonaro, “tinha que haver Piçóu ali”. O objetivo desse pasquim é implodir a Lava Jato, desestabilizar a Reforma da Previdência e impedir o armamento dos produtores rurais. O Brasil, no entanto, com seus pesos e contrapesos, não permitirá que comunistas atentem contra ele: o jornal será fechado e um de seus sócios deportado. Viva a democracia!

JUIZ MORO: um erro judiciário.

PAULO FREIRE: educador, já falecido, investigado pela Polícia Federal.Teria inventado uma cartilha de be a bá e, apenas por causa dela, recebeu dezenas de títulos de doutor honoris-causa em universidades do mundo inteiro. O estranho fato chamou a atenção da ABIN e o general Augusto Heleno pediu a abertura de uma diligência que se chamará “Operação Analfa”. 

SANTOS CRUZ: ministro, que apesar de ser crucial, acabou sendo crucificado. 

TERRA PLANA: Atualmente, até a pessoa mais otimista, acredita que o mundo é chato. Então, se é chato, é raso. E, se é achatado e raso, não é redondo, é plano. Existem muitas teorias, ditas científicas, querendo provar o contrário. Mas o governo tem um astronauta como Ministro da Ciência e da Tecnologia. Quem melhor que um cosmonauta para justificar o terraplanismo? Quantas pessoas já olharam a Terra da janelinha de uma espaçonave Soyuz?

VIKTOR ORBÁN: político húngaro tão de direita que, por não usar nunca a perna esquerda, acabou ficando manco.

Carlos Castelo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo